Você está aqui: Página Inicial / Institucional / Notícias / Vereadores apresentam indicação para instalação de leito de CTI no Hospital Flávio Leal, Piraí

Vereadores apresentam indicação para instalação de leito de CTI no Hospital Flávio Leal, Piraí

por Eduardo publicado 14/04/2021 08h40, última modificação 14/04/2021 09h12
Piraí conta atualmente com 14 leitos de enfermaria
Vereadores apresentam indicação para instalação de leito de CTI no Hospital Flávio Leal, Piraí

Foto: Divulgação PMP

A viabilidade da instalação de um Centro de Terapia Intensiva (CTI) no hospital Flávio Leal, em Piraí, foi discutida pela Câmara Municipal. A indicação, de autoria do presidente da Casa Legislativa, Alex Joaquim (PL), e do vereador Ronaldo Correa Leite, o Didi (Patriota), foi apresentada na sessão do último dia 12 de março.

Com população estimada em cerca de 29.550 moradores, segundo o IBGE, Piraí conta atualmente com 14 leitos de enfermaria no HFL – sendo 12 do Sistema Único de Saúde (SUS) e dois privados. Quando é preciso internação no CTI, a secretaria municipal de Saúde encaminha os pacientes para outros municípios que dispõe de vagas. Com a pandemia do novo coronavírus, por exemplo, o Hospital Regional Médio Paraíba, em Volta Redonda, tem centralizado grande parte da demanda.

“É de extrema relevância a instalação de um CTI, pois será um salto grande e importante para nosso município, dando suporte e o amparo imediato aos que necessitam de cuidados especiais”, justificou o vereador Alex Joaquim.

O Hospital Flávio Leal é uma casa de caridade que recebe pacientes não apenas de Piraí e outros municípios do Sul Fluminense, como também de parte da Baixada, como Seropédica, Paracambi e Itaguaí. Além disso, por estar próxima à rodovia Presidente Dutra, principal via que liga Rio de Janeiro a São Paulo, a unidade absorve vítimas de acidentes do trecho que corta a cidade.

A estrutura do hospital conta, entre outras, com centro cirúrgico e sala de estabilização, que recebe paciente grave da emergência e consegue mantê-lo estável até que haja vaga na central de regulação dos leitos de CTI do Estado para transferência. A indicação, aprovada por unanimidade pelo plenário da Câmara, segue para apreciação do Poder Executivo.

registrado em: